segunda-feira, 4 de abril de 2011

O QUE SE VÊ NÃO É O QUE SE FAZ

Uma das maiores dificuldades em orientar a postura em vídeo está na mega diversificação de detalhes posturais.

video
A empresa vodafone vem publicando na rede videos de conscientização sobre assuntos de saúde postural no escritório, no trânsito e ao dirigir moto, entre outros.
Mesmo com todo o cuidado em design gráfico os detalhes mais importantes escapam. 
Todo trabalho ergonômico é imprescindível e fundamental. 
Porém saber de tudo isso, praticar e tomar os devidos cuidados não são simples ferramentas de se lidar. 
Mesmo respeitando o tempo de 30 minutos com pequenos intervalos,  os ombros elevados e as tensões da respiração são requisitos na postura para o alívio de dores e disfunções tanto de coluna quanto do estresse e estafa mental. Sem contar a prática de dormir quando o corpo pede, a maioria tem optado em permanecer dez, doze horas seguidas nos portáteis às vezes varando noite a dentro.
Os videos não substituem a orientação in loco de um fisioterapeuta postural. No entanto a ergonomia é fundamental. 


Sustentar a postura durante um período está no modo em como se relaciona o ato de respirar todo o resto do corpo.


Não há nos videos por exemplo um cruzar de pernas  a não ser que se cruze no assento como na posição do yogue ou do índio. Mesmo assim deve-se seguir orientação prévia de um fisioterapeuta postural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário