quarta-feira, 27 de abril de 2011

INCLUIR AMOR E DESEJAR O FIASCO.

Falar de amor requer um pouco de loucura. E loucora não se tem com nenhuma substância quimica ou ervas de poder. Loucura depende exclusivamente de força de vontade em vencer as maiores tendências íntimas em conflito.


E amor é isso. Resolver essas paradas iNternas e predispor o Ser a se manifestar. Loucura porque para vencer certas tendências íntimas em conflito devemos escolher, entender e aceitar os fiascos da vida. Neles podemos enxergar o que deve ser realizado de forma mais consciente e equilibrada.

Amor é uma pitada de tempero que possibilita dissolver a amargura, o desentendiento, a mentira.
Amor é transformar a si mesmo em observador de Si mesmo.
Amar é estar presente no momento presente e observar com imparcialidade e interesse os caminhos que a vida te apresenta.

É claro que na falta de amor, as crises que são inevitáveis e constantes na vida, o corpo sofre mais.
Processo de degeneração e sarcasmo se instalam e, sendo assim, a produção de baboseiras e coisas fúteis se tornam uma constante.

O amor desmistifica tudo. O Ser se manifesta e transformações ocorrem em torno de nós. Para buscar a transformação desejada, o Ser deve se expressar no corpo. E expressar o Si mesmo depende do fracasso.

É fracassando que se devolve a experiência necessária para o Ser tornar a água em vinho, multiplicar os pães e enxegar a vida sendo o Si mesmo.


O corpo , a respiração, o cérebro, os pensamentos... Tudo isso não é você. E você descubrirá sendo o observador que interage e realiza, flui e assim é lançado para o objetivo desejado.
Ao tornar isso um hábito seu corpo responde de certo jeito que quando se menos espera ele te dá mais força para a tomada de decisão para ser incorporada e realizada, por mais louca que pareça ser. Realize sua prática pessoal e que a felicidade seja em você, em todos os momentos.

domingo, 24 de abril de 2011

JOGO DE LUZ E SOMBRA

Eu e um grande amigo, o arquiteto e designer Luciano Deviá temos o delicioso costume de travar assuntos ligando saúde e arquitetutra. Numa dessas longas conversas procuramos os diversos fatores na arquitetura que trabalhe os sentidos de maneira a promover saúde. 


A luz do Sol é mal aproveitada. E a iluminação que usamos em nossas casas, cidades, ruas, praças, etc., é mal posicionada para nossos olhos operarem com saúde. 
A luz bem posicionada seria como colirio para os olhos, um elixir que nossa sociedade está ainda por aprender. Os olhos enxergam melhor no contraste de luz e sombra. A exposição dos olhos à luz  mal posicionada estoura excessivamente a visão e causa uma série de desequilíbrios que influem diretamente na postura e no humor.


Imagine-se sentado observando a luz que entra pela janela. Você enxerga os raios do sol descendo ao chão com a poeirinha do ar flutuando e resolve passar as mãos neste volume de luz. Sua visão está clara e nítida sendo possível enxergar os feixes de luz. 

Se você resolver olhar diretamente nos raios do Sol, olhando em direção a ele, a visão ficaria cega pelo tempo de exposição à luz, tamanha claridade. Aí está o modo com que usamos a luz no dia-a-dia. A vista cansa de tanta luz e acaba adoecendo.
O telescópio espacial só consegue enxergar por que varia na sua lente a visão de luz e sombra e de freqüência de onda luminosa.

Como sempre há de acontecer entre eu e meu amigo arquiteto, a conversa se prolongou e ele, estudioso sobre templos antigos escavados em pedra, me disse que a melhor forma de se obter numa construção este efeito saudável de luz e sombra é construir abaixo da superfície terrestre.


Enxerga-se melhor debaixo do nível da terra. Este tipo de construção proporciona mais incidência de raios de luz o que produz certas sombras que acalmam os olhos fazendo-os funcionar melhor. 


No jogo de luz e sombra se aprimora a visão porque ela descansa enquanto vê. E é um efeito que se estende aos outros sentidos e órgãos do corpo. O corpo estando nestas condições respira enquanto ouve e acalma enquanto pensa porque não não está exposto a sobrecarga de sentidos. Disso só pode haver uma postura equilibrada porque o ambiente é o primeiro degrau  para o bem-estar.



sexta-feira, 22 de abril de 2011

A FISIOTERAPIA POSTURAL E OS RECURSOS NATURAIS

Minha admiração por profissionais que revolucionaram a arte de cuidar da saúde  me levou a desvendar uma terapêutica que leva em consideração todo o tegumento, toda a pele.  


Esta nova visão crânico-postural eu a intitulei como FRP - fisioterapia de reequilíbrio postural onde o reequilibrio da pele é também o reequilíbrio da respiração, do tronco encefálico e da postura. 
A FRP trata dores e disfunções que envolvem o corpo (pele, músculos, articulações), a respiração e o cérebro mesclando movimentos fisioterapêuticos e terapias manuais. 

A sensação de dor na pele denuncia problemas de coluna. Sua função ultrapassa o conhecimento acadêmico uma vez que é função também da pele a respiração. A biologia estuda a respiração onde somente é considerada nos anfíbios. A pele respira. E respira oxigênio, além de absorver raios UVB do Sol. A síntese de vitamina D no sangue depende dessa permeabilidade e resiliência da pele. 

Por sintetizar a vitamina D a partir dos raios UVB do Sol, a pele é o único órgão capaz de produzir biologicamente, do princípio ao fim, a 1,25D enzima "vitamínica" mais importante para órgão vitais como o fígado e os rins. 
A sintese da 1,25D em presença dos raios UVB têm grande importancia para o combate de bactéria e fungos, e também na produção de massa óssea em casos como osteoporose por sua ação em mais de mil genes do corpo humano (Scientific America). 
Por outro lado o estresse e a vida sedentária, mesmo entre esportistas e atletas, a dor que se manifesta na pele é um obstáculo na disposição em manter práticas naturais de  prevenção para evitar ou curar problemas posturais. 

O Sol é o mais poderoso recurso natural que a fisioterapia postural usufrui. A chamada cromoterapia tenta reproduzir este efeito natural do Sol em luzes incandescentes. Cada cor para uma finalidade. Cada freqüência de onda para um tipo de tratamento. O reequilíbrio da postura depende de práticas de bem estar como essas, bem como a prática de banhos de imersão, massagem, exercícios posturais, relaxamento e relaxação da postura.

Estas práticas elevam o estado de saúde além de outros cuidados já bem conhecidos como o modo de se alimentar, o tipo de alimentação ingerida, a qualidade do sono, e os diversos aspectos posturais do cotidiano. 


O estado da pele denuncia também o tipo de respiração e a saúde dos órgãos internos. No entanto não falamos aqui de doenças de pele que são tratamentos específicos da dermatologia. Mais uma vez, o que estou falando aqui tem enfoque na qualidade neurológica e postural da pele.


Portanto, o fisioterapeuta postural deve liderar daqui pra frente o mercado do bem estar. Ele é o profissional mais completo para lidar com urgências posturais e problemas crônicos como também de disfunções orgânicas decorrentes do estresse e da estafa mental. Prometo falar mais sobre o assunto nos próximos textos.
E lembre-se: Consulte antes um fisioterapeuta postural!

A DEGENERAÇÃO NÃO É UM PROBLEMA DA IDADE.

Se você pudesse observar radiografias de coluna cervical lateral, você veria que a maioria das pessoas já possui alguma anormalidade cervical antes mesmo dos 40 anos de idade.


Mariano Rocabado, chileno, fisioterapeuta famoso por sua visão crânicocervical propôs um exame novo de Raio X que leva seu nome, o RaioX Rocabado.
O RaioX Rocabado permite além da visão lateral da cervical (C1 à C7) torna também visível as três primeiras vértebras torácicas e ainda o perfil do rosto com a mandíbula e a maxila, mais conhecida como ATM, ou articulação temporo-mandibular.


A ATM sofre grande influencia dos nervos da cervicais chamados de pares cranianos. Quando mal posicionados devido a má postura, estresse ou sedentarismo, participam do processo precoce de degeneração vertebral bem como a má circulação e má oxigenação do sangue para o cérebro. Também os ombros, membros superiores e mãos sofrem alterações fisiológicas com o aparecimento de tendinites e bursites.


Ao se deparar com profissionais da saúde que zelam por terapêuticas revolucionárias pude tomar a liberdade de desenvolver meu próprio jeito de atuar com a fisioterapêutica.


Okson, conhecido também no mundo como o dentista que dá o devido valor ao tratamento da dor na ATM desvenda este mistério  da dor facial frente a problemas da ATM.

Terry Tanaka especialista em disfunções da oclusão e da ATM evidencia as relações de pontos de tensão entre a oclusão dos dentes e a ATM .


Rocabado entra neste hall dos profissionais da saúde mais conhecidos e respeitados no mundo fazendo lembrar da cervical em todos estes processos. Segundo seus estudos os nervos cervicais possuem um movimento neurodinamico reestruturador da lordose cervical.


Omar Franklin Molina, brasileiro, expõe o sistema estomatognático e sua influencia nas dores de mandíbula, ATM e oclusão.


Bernard Bricot, cientista fisioterapeuta da posturologia, se depara com alterações posturais que ele mesmo não se permite desvendar inteiramente dando abertura à dúvida. Será que a dor e/ou disfunção começou nos pés e subiu para o crânio ou do crânio levou a disfunção postural dos pés? Bricot leva o fisioterapeuta a um olhar diferente sobre a postura,  à partir de dados e depoimentos do paciente nunca antes observado pela medicina tradicional.


A posturologia de Bernad Bricot faz um paralelo muito inteligente no que concerne o tratamento das disfunções e dores específicas da coluna vertebral, mandíbula, e esqueleto com aspectos gerais da postura da bacia, dos membros, da cabeça, da ATM e da oclusão.


Pilates incluiu em seus exercícios de cadeia fechada a respiração como principal instrumento para a volta da funcionalidade postural.


Estes processos posturais denominados disfunções mandíbulo-crânio-posturais, que segundo a Ft. Neide D'Avila participa de alterações no estado de sono e vigília gerando a cefaléia. 
O bruxismo é outro forte elemento para o aparecimento de cefaléia, além dos já conhecidos efeitos sobre os dentes, a ATM e a coluna cervical.


Dentre todos estes sinais e sintomas de degeneração uma coisa é certa: todos estes novos recursos fisioterapêuticos suprem a real urgência do ser humano contemporâneo pela busca por qualidade de vida.
O abuso de posições sentadas, a negligencia com a prática de atividades físicas, e/ou por outro lado esportistas e atletas que superam limites e tornam a vida quase que uma realidade supra-humana.


O sedentarismo já é uma realidade. Segundo dados recolhidos pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, 64% da população paulistana sofre de disfunções da coluna somados aos seus efeitos deletérios como a obesidade, a hipertensão, o derrame cerebral e o infarto. Outros efeitos como insônia, bruxismo e hérnia de disco são associadas a má respiração e ao estresse o que independe da prática de atividade física ou não.


A postura nos dois casos, tanto para o sedentário quanto para aquele pratica alguma atividade física sofrem do mesmo mal: vivem à flor da pele.


Portanto podemos chegar a um senso comum de que hábitos de bem estar e postura equilibrada trazem benefícios incalculáveis para a saúde tendo em vista hoje as terapêuticas inovadoras de ampliação da saúde aplicados por fisioterapeutas posturais.  


Assim, a degeneração que já começa no homem e mulher precocemente são reversíveis sem necessidade de uma intervenção medicamentosa ou até  cirúrgica haja vista a estimulação de substâncias naturais medicamentosas presentes no próprio organismo estimuladas por uma terapêutica salutar advinda de uma ciência revolucionária: a fisioterapia postural.
E lembre-se: Consulte antes um fisioterapeuta postural! 

sexta-feira, 15 de abril de 2011

ÓDIO - A VERDADE ESTÁ LÁ FORA

Quando confinados nela, o ódio é a verdade máxima. Quando esclarecidos por ela, o ódio deixa e ser verdade máxima para se tornar uma verdade. Quando acolhidos em seus braços, o ódio perdura escondido por debaixo da pele como última alternativa para a sobrevivência. Ela é a vida. "A vida cuida de você" segundo palavras do guruji.


O ódio nada mais é que desconfiança. Pior quando alguém se auto afirma odiar algo ou situação gratuitamente. "Eu odeio isso ou aquilo.." Bem, aí ela desconfia dela própria! 


O corpo sempre lembrará de que aqueles hormônios e enzimas específicas do ódio são presentes na corrente sanguínea e fazem parte de uma verdade cotidiana.


Perda de tempo. Que então pelo menos seja o acolhimento, a máxima cotidiana para poder se elevar ao próximo estado de consciência. Para compreender este próximo estado da consciência é preciso saber que o corpo está dentro de nós e não nós dentre dele.  Nossa que viagem, parece religião. 
Mas não é. O corpo é dentro de nós porque somos a vastidão do cosmos. E sendo assim o corpo é o miolo da cebola! 


Tendo este conhecimento outro fundamento para atingir aquele estado é saber que todos somos uno, assim como a coletividade celular do corpo. Somos um coletivo de pessoas numa só consciência. Dessa forma a elevação do olhar cósmico acontece. E este é o próximo estagio.

EXERCÍCIOS POSTURAIS DO NORTE DA EUROPA

Michael Aivañhov foi um yogue responsável pela ampliação da alegria e da saúde postural nos países do norte da europa do século XX.
Graças as suas palestras publicadas em livros por ouvintes, Michael Aivañhov deixou um legado de práticas posturais inovadoras.


Pra começar, todo exercício deve seguir orientações mentais de deslocamento do centro de gravidade enchendo-o com as três forças primordiais da vida na Terra: o núcleo terrestre que entra pelos pés, o ar que respiramos e o cosmos das luzes estelares.  Com este centro munido destas três forças não há como haver lesão no movimento. Na verdade, o processo de cura de certas doenças se faz presente no organismo.


O movimento postural, a respiração, o abaixar e subir o tronco junto com a saída e entrada de ar, os cânticos e mantras, o relaxamento, o yoga. São oito séries de seqüencias de movimento sincronizados que fazem aumentar o equilíbrio sobre as emoções, ou seja o equilíbrio dos hormônios.


Tenho utilizado estas séries com pacientes que optam em não fazer a tão polêmica reposição hormonal no climatério. E os resultados foram incríveis, não havendo mais sinais nem sintomas desta disfunção, inclusive revertendo quadros de osteoartrose, osteopenia e outros efeitos ligados à função sexual.


Para tal efeito é necessário a prática quase que diária desses exercícios. A vida nos centros urbanos torna tudo isso muito caro e dispendioso, uma vez que a prioridade é o consumismo e o sedentarismo relegando aos medicamentos atitudes que deveria ser um movimento interior de transformação e constante aceitação.

PERNAS E COLUNA

Não há motivo para não acreditar que exercícios de alongamento com respiração aliviam grande parte das dores de coluna.


Isso já é conhecido por educadores físicos a mais de meio século. No entanto alguns alongamentos podem prejudicar ainda mais a coluna dependendo da maneira como se realiza.


Alongar a panturrilha e a parte de trás das coxas em certo ângulo de abertura da virilha elimina compressões e pinçamentos da lombar chegando até a reposicionar os órgãos vitais do abdome diminuindo assim a pressão da barriga sobre a coluna. 


Esse alongamento é realizado deitado ao chão e inicia-se com movimentos giratórios dos tornozelos no ar, em direção ao céu, com as pernas pouco esticadas uma de cada vez.
Realizando uma de cada vez aos poucos vai-se corrigindo disfunções lombares e até mesmo cervicais dependendo do modo de execução do alongamento com os membros superiores. 


Enfim, uma atitude saudável pode evitar a ida ao médico, ou ainda a um massagista.
Ganhe tempo e sirva ao seu corpo do mesmo modo como ele te serve e boa prática. E Lembre-se: Consulte antes um fisioterapeuta postural!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

SAÚDE? VAMOS BRINDAR?!

Caros leitores, talvez aqui consiga exprimir uma das possibilidades de causa dessas coisas horríveis da nossa sociedade. Acredito que nossa sociedade precisa repensar o significado da palavra saúde depois de fatos como o que aconteceu no RJ. Nós somos uma sociedade que difere saúde mental de saúde física, e considera a saúde física um estado quase que inexistente, um estado pós ou pré crise ou doença. Isso em todas as instituições, escolas, hospitais, estudos avançados de ensino.
Junto com o massacre, o dia 7 foi o dia internacional da saúde e pouco se sabia sobre isso. Algums médicos aproveitam para fazer passeatas, um grupinho ali se reuni para para discutir direitos nos planos de saúde.
Triste uma sociedade viciada em medicamentos, álcool, tabaco químico, televisão, consumismo.
Nos sobra o esporte mas que também mergulha na ignorância da pseudo liberdade de incentivo à violência competitiva transformada em aplausos cruéis.
O ar que respiramos, a água que bebemos, o lixo, o esgoto, a vida comunitária. O transporte coletivo e privado, para qual caminho seguiremos daqui pra frente?
Eu como profissional da saúde acredito por experiência própria que há muito mais vida para ser vivida. Há muito mais do que as instituições possam comandar.
Dentro de nós há a saída para todas as ilusões mas o estímulo para essa descoberta é mal ministrada. Poucos são os caminhos para este estímulo. Centros religiosos, política, economia, filosofia... ah filosofia!
O discurso de Dilma, as palavras dos padres, as críticas pouco construtivas dos apresentadores de televisão, a mídia tecnocrata. 
O caos é necessário para se estabelecer a ordem. Quem foi mesmo que disse isso? Memórias, sentimentos, confusão... É caso de se retirar e aprender a meditar para se criar novos meios de liderar sobre a mais antiga de todas as doenças existentes na história da humanidade, a guerra.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

O CLOWN X O BUSCADOR

Até onde pude experimentar, o clown possui algo peculiar aspirado por muitos. Ele se entrega ao "fogo interno" e fica presente por detrás do olhar, por detrás do nariz. Seus pés se fazem presentes ali e sua cabeça lá em cima do céu segue seus pés. 


O mais interessante foi descobrir-se ali dentro, olhando e interagindo com o de fora. Ele não vai a busca do de fora. Ele vive semelhante às atrações gravitacionais dos planetas com os sóis: tudo chega até ele.
Sem esforço, mas com concentração. Sem tensões, e estando ali presente no corpo e nos movimentos o clown inspira e expira, e assim percebe seu centro de gravidade que o auxilia no deslocamento do espaço.


Tudo vêm a ele e de modo simples realiza a vida  plenamente.


O buscador se equivoca ao satisfazer-se pelo desejo. O resultado pode aniquilá-lo porque isso é uma lei, a lei da atração. 
A atração é perfeita no universo. Opa, agora é multi-verso, segundo a física atual. Os astros se atraem por outros astros próximos um dos outros, travando assim uma dança.


O buscador acaba ignorando a dança e, olhando para outro lado perde o agora.
O clown olha o agora e se entrega a dança de modo consciente e assim paradoxalmente atinge o que quer porque é lançado!


Esta postura me fascina!
O buscador faz com força gastando assim toda sua energia.
O clown realiza com suavidade e presença fluindo com sabedoria nos caminhos da vida. Eis aí onde reside sua força: na flexibilidade e resistência.
Torna-se o caminho por saber liderar os caminhos.

CONCENTRAÇÃO X SINDROME DO PÂNICO

A sindrome do pânico é a perda da interiorização, da auto  observação para o centro interno gravitacional do corpo. Este mergulho para dentro permite que  foco e a concentração apurem os cinco sentidos.

A percepção deste eixo gravitacional  acontece instintivamente com os animais e insetos na espreita da caça. 

A percepção do centro de gravidade do corpo humano é vital para uma postura bípede organizada e sem dores. Aguça os sentidos e aumenta a capacidadde de observação e raciocínio. Este ensinamento de reequilíbrio postural tem sido ignorado pela medicina tradicional delegando à pseudo cura aos medicamentos psiquiátricos.

Como fisioterapeuta postural sou pouco lembrado em relação a cura de distúrbios comportamentais como no caso da sindrome do pânico. Em sessões realizadas em consultório e em domicílio, tive excelentes resultados na cura deste transtorno com a aplicação de técnicas de relaxamento, respiração e concentração postural.

Com a sindrome do pânico o corpo, a respiração e o cérebro sofrem efeitos no tronco encefálico onde os nervos do Sistema Nervoso Central  são acometidos pela vasoconstrição arterial, o que se traduz em vertigem, escurecimento da visão, sensação de desmaio.

Com isso os nervos motores e neuro-vegetativos do Sistema Nervoso Periférico sentem falhas bioeletroquímicas dando a sensação de morte iminenteA dificuldade na transmissão dos estímulos pelos nervos sensitivos causam parestesias que possuem uma característica centrípeta, ou seja, da periferia para o centro do corpo além do adormecimento da região que compreende o nariz e ao redor da boca. Sintomas estes característico do quadro.

Os Exercícios de Concentração elevam as sinapses nervosas aumentando a circulação do sangue no cérebro, mudando o padrão respiratório e melhorando a sensação de vida no corpo como um todo.

Os resultados positivos neste tratamento natural e inovador me trouxe a convicção de que o ser humano tem potenciais latentes inimagináveis que não se resumem somente à química da fisiologia. Somos unidos pela coletividade mas infelizmente vivemos a individualidade sem notar a presença sutil dos eventos e das pessoas entorno de nós. Isso porque perdemos a conexão com o centro. E no centro se estabelece a cura.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

O QUE SE VÊ NÃO É O QUE SE FAZ

Uma das maiores dificuldades em orientar a postura em vídeo está na mega diversificação de detalhes posturais.

video
A empresa vodafone vem publicando na rede videos de conscientização sobre assuntos de saúde postural no escritório, no trânsito e ao dirigir moto, entre outros.
Mesmo com todo o cuidado em design gráfico os detalhes mais importantes escapam. 
Todo trabalho ergonômico é imprescindível e fundamental. 
Porém saber de tudo isso, praticar e tomar os devidos cuidados não são simples ferramentas de se lidar. 
Mesmo respeitando o tempo de 30 minutos com pequenos intervalos,  os ombros elevados e as tensões da respiração são requisitos na postura para o alívio de dores e disfunções tanto de coluna quanto do estresse e estafa mental. Sem contar a prática de dormir quando o corpo pede, a maioria tem optado em permanecer dez, doze horas seguidas nos portáteis às vezes varando noite a dentro.
Os videos não substituem a orientação in loco de um fisioterapeuta postural. No entanto a ergonomia é fundamental. 


Sustentar a postura durante um período está no modo em como se relaciona o ato de respirar todo o resto do corpo.


Não há nos videos por exemplo um cruzar de pernas  a não ser que se cruze no assento como na posição do yogue ou do índio. Mesmo assim deve-se seguir orientação prévia de um fisioterapeuta postural.